quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Comparativo incandescentes x fluorescentes compactas x lâmpadas a led

Comparativo incandescentes x fluorescentes compactas x lâmpadas a led
Vamos imaginar dois cenários: um em que a casa tem apenas lâmpadas incandescentes e outro, em que se usa sólâmpadas fluorescentes compactas. Vamos supor que ambas as casas possuem 20 pontos de luz euma utilização média de 10 lâmpadas acesas durante 6 horas diariamente. Em cinco anos, o balanço é o seguinte:

1ª. Hipótese: Casa com lâmpadas incandescentes
Investimento inicial em lâmpadas: R$ 36,00
Potência média de consumo das lâmpadas: 60W
Consumo de energia: 6.480 KWh no perído de 5 anos
Lâmpadas substituídas no período: 110
Gasto com energia: R$ 2.628,00
Gasto com lâmpadas: R$ 195,00
TOTAL: R$ 2823,00

2ª.Hipótese:Casa com lâmpadas fluorescentes compactas
Investimento inicial em lâmpadas: R$ 200,00 + R$500,00 (em reatores eletrônicos)
Potência média de consumo das lâmpadas: 18W
Consumo de energia: 1.944 KWh no período de 5 anos
Lâmpadas substituídas no período: 14
Gasto com energia: R$ 778,00
Gasto com lâmpadas: R$ 140,00
TOTAL: R$ 918,00
Os números falam por si. As fluorescentes compactas são mais caras, mas rapidamente se pagam com a economia de energia elétrica. Além do mais, em um período de cinco anos, a casa com lâmpadas incandescentes vai produzir 96 lâmpadas queimadas a mais.

3ª.Hipótese: Casa com iluminação tubular a led.
Investimento inicial em lâmpadas: R$ 1.500,00
Potência média de consumo das lâmpadas a led: 8 W (luminosidade equivalente a lâmpada de 60W)
Consumo de energia: 1.080 kW no período de 5 anos
Lâmpadas substituídas no período: zero
Gasto com energia: R$ 345,00
Gasto com lâmpadas: zero
TOTAL: R$ 345,00

CONCLUSÃO FINAL AO COMPARAR AS HIPÓTESES 3 E 4:
Apesar de um investimento inicial com iluminação com fluorescente compactas de R$700,00 e a de LED ficar em R$1.500,00, ou quase 2 vezes mais, o custo final da conta de luz compensa, pois significa uma economia de 40%. Se compararmos com a lâmpada incandescente, a relação é mais vantajosa ainda, ou seja, o led proporciona uma economia de 88%. Uma vantagem substancial em dinheiro e um ganho na ecologia significativa em cinco anos. Certamente o led é uma soluçãoviável e real para os próximos anos de escassez da energia elétrica.

17 comentários:

  1. Po Professor o senhor entregou o peixe rssss ia usar isso no trabalho de orçamento hehehe
    aproveitando ta aqui um dos links sobre Smart Grid
    leia e muito interessante.

    http://www.tecmundo.com.br/3008-smart-grid-a-rede-eletrica-inteligente.htm

    Leonardo Jorge 2-Edi-A

    ResponderExcluir
  2. Essa eu realmente não sabia. Além de ajudar o meio ambiente por não jogar mas tantas lampadas queimadas ainda o resultado é obtido pela conta de luz no finl do mês.

    ResponderExcluir
  3. Apesar do alto investimento inicial, a lâmpada de LED nos proporciona uma economia incomparável com as de outros modelos. Ou seja, ao longo do tempo o bolso agradece!

    ALANA MACRUZ 2° EDI A

    ResponderExcluir
  4. Além da conciência economica a ecológica é necessária.
    Quando a tecnonogia une as duas, lucro dobrado. Muito bom!!!

    Paulo Pena 2º Edi -A

    ResponderExcluir
  5. Apesar de inicialmente gastar muito, compensa-se o gasto com esse retorno à longo prazo.
    Que venham cada vez mais lâmpadas de LED!

    Priscila Godoy - 2º EDI B

    ResponderExcluir
  6. Se for para pra pensar, o governo deveria investir mais na fabricação e instalações de led, para reduzir custos, mas isso é um longo caso!

    ResponderExcluir
  7. Bruno Costa Nº 05 2º Edi A5 de setembro de 2011 19:37

    Esses dados mostram o quanto é vantajoso para o meio ambiente e para o consumidor usar lâmpadas de Led, mais pessoas deveriam ter acesso a essas informações assim penssariam duas vezes em usar lâmpadas incandescentes.

    ResponderExcluir
  8. Fica neste comparativo a comprovação da economia de um modo geral a longo prazo usando LED. Só acho um pouco dificil de convenser as pessoas, quando o investimento inicial é muito mais alto.
    Sendo uma fase final de obra, geralmente as finanças estão no limite, então muitos deixam para fazer a substituição depois, mas esse dia nunca chega.

    GILBERTO RIBEIRO nº 15 2º EDI A

    ResponderExcluir
  9. Os países europeus membros da União Européia (EU) decidiram no final de 2008 proibir o uso de lâmpadas incandescentes a partir de 2012. As lâmpadas incandescentes deverão ser substituídas gradualmente a partir de setembro de 2009, devendo então ser proibidas a partir de 2012. A medida é parte do esforço mundial no sentido de adotar produtos eletrodomésticos ecologicamente corretos.Nos estados unidos:Na Califórnia, a votação um projeto de lei em breve promete transformá-la no primeiro Estado dos EUA a proibir as vendas de lâmpadas incandescentes. A partir de 2012, seria permitida a venda apenas de lâmpadas mais eficientes sob o ponto de vista energético, tais como as fluorescentes compactas. Lâmpadas incandescentes pequenas e de baixa voltagem, como as luzes de Natal, ainda seriam permitidas.Essas informações obtive no site da CBN na coluna de Ethevaldo Siqueira.Ernani 2°edia n°12

    ResponderExcluir
  10. Antonia Gabriela 2° Edi A7 de setembro de 2011 09:02

    De fato todas as comparações nos levam a crer que as lâmpadas LED sejam as 'melhores'. Mas há de convir que deve haver uma maior divulgação e preocupação às autoridades para que essas possam adentrar ao mercado o mais rápido possível, e assim fazer justo da tecnologia e economia.

    ResponderExcluir
  11. Realmente Lâmpadas incandescentes são um modo de iluminação do passado, pois tanto a lâmpada fluorescente como o LED Tem um investimento inicial maior mas com um fator energético melhor, pois ambas têm uma perda menor para a realização do trabalho de iluminação, sendo assim podemos considerar o uso de Fluorescentes ou LED podendo assim baratear o custo futuro.
    Ícaro Andrade Nº19 2ºEDI A

    ResponderExcluir
  12. Bem a longo prazo e um investimento "pensando como brasileiro" para lampadas fluorescente muito bom e as led tambem porem tudo tem que sair lucrando na hora e o interessante para o brasileiro , beneficio a longo prazo nao existe , na ultima semana de edificaçoes da etec carlos campos tivemos uma palestra de uma moça que trabalha na area , ganhou premios foi para italia receber nao me recordo seu nome , ela disse que estas lampadas fluorescente e led sao boas em economias mas que perdem para a encandescente em qualidade , pois lampadas brancas nao definem bem as cores reais do ambiente , entao qualidade , economia ou conciencia? Helio ricardo da silva n°17 2°EDI-A

    ResponderExcluir
  13. Deveriam tornar obrigatório o uso dessas lâmpadas. Afinal, eles já sabem dos benefícios que elas trazem.



    Henrique - (18) 2°EDI A

    ResponderExcluir
  14. Nossa... é gritante a diferença de valores, pena que as de LED custam caras ainda, claro...esses valores passados são ao longo de 5 anos, mas de investimento inicial ainda é caro, as industrias tem que diminuir ainda mais os preços nas lampadas, pois a tecnologia ja existe e elas (as industrias)carecem o preço por ser novidade e pelo consumo, mas ótima dica, quando puder irei trocar as lampadas aqui em casa que são todas fluorescentes por LED.

    José Carlos P. F. Jr 2°EdiA

    ResponderExcluir
  15. nossa que legallll, uma curiosidade boa, é bom saber essas diferenças para poder opinar quando alguém perguntar etc...

    Gabriel Lacerda Nº14 2ºEDI A

    ResponderExcluir
  16. Legal, os numeros falam por si, o unico problema é o investimento inicial, mas temos que pensar em tudo, o planeta agradeçe com produtos ecológicamente corretos.

    Bruno Pellicciotti Albuquerque 2 EDI A

    ResponderExcluir
  17. Esse calculo é feito para um prazo de 5 anos, e levando isso em consideração, teremos:
    1 - A lâmpada fluorescente gerará um economia de 50% com relação a lâmpada incandescente (já considerando o investimento inicial);
    2 - A lâmpada de LED terá um custo 23% MAIOR que a fluorescente (também considerando o investimento inicial).
    Caso refaçamos esse calculo para um prazo de 15 anos, que é a duração media de uma lâmpada de LED, então teremos:
    3 - A lâmpada fluorescente gerará um economia de 61% com relação a lâmpada incandescente (já considerando o investimento inicial);
    4 - A lâmpada de LED terá uma ECONOMIA de 43% com relação a lâmpada fluorescente e 78% com relação da lâmpada incandescente (também considerando o investimento inicial).

    Finalmente isso significa, que se optarmos pela lâmpada de LED ao invés da lâmpada fluorescente economizaremos R$ 1.409,00 ao longo de 15 anos e se optarmos pela LED ao invés da incandescente sobrará em nosso bolso R$ 6.660,00. Isso sem levar em considerção a inflação, que pode fazer com que essa economia seja muito maior.
    É só pensar um pouco!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.